sexta-feira, 31 de julho de 2009

Apple Store


A Apple Store de Sydney foi inaugurada em junho de 2008 na George Street com um Projeto tão bom que transformou ela numa obra de arte. Eles conseguiram fazer algo simples, moderno, clean, realmente incrível, nota 1000.

O pano de vidro é um dos maiores do mundo sem emenda assim como ela têm o maior logotipo Apple do mundo. A loja só perde em tamanho para a Apple Store de Londres.

Dá para passar várias vezes em frente a Loja sem cansar, para ficar admirando a arquitetura e sonhando com os produtos incríveis que só ela tem. Ai, ai, ai...

quinta-feira, 30 de julho de 2009

Sydney Tower_Observation Deck






Hoje, junto com os colegas da Ace e uma teacher, subimos no ponto mais alto da cidade, ou seja, na Sydney Tower. A vista de 360º do Observation Deck permite ver a Sydney Harbour bridge, Sydney Opera House, Darling Harbour, Bondi Beach, Manly, Hyde Park, Royal Botanic Gardens, Blue Mountains e o Olympic Park.

São dois andares para observação, sendo que, no primeiro andar, fica o restaurante, bar e café e no segundo ficam os binóculos e a lojinha.

O ticket também inclui o OZtrek, que é um cinema 3D com tela de 180º, efeitos especiais e cadeiras vibratórias. É uma passeio virtual pela História, Cultura e Geografia Australiana, onde o passado e o presente se misturam com muita emoção. Eles realmente capricham nas atrações turisticas aqui.

quarta-feira, 29 de julho de 2009

Botanic Gardens






O Jardim Botânico de Sydney foi fundado em 1816 e é a mais antiga instituição científica da Austrália. Desde a inauguração, ele tem desempenhado um papel importante na preservação do meio ambiente já que hospeda algumas das espécies de plantas e animais mais raras do mundo.

Apesar das muitas espécies de plantas raras, as principais atrações do Jardim Botânico são os morcegos e as aranhas enormes. Ficamos com um pouco de medo e agônia, porém, nos disseram que os morcegos são inofencivos. Achamos melhor não arriscar e ficar bem longe deles.

O passeio é realmente incrível, o Jardim Botânico fica no meio do centro financeiro, acompanhando a orla de água verde, muito limpa. O percurso principal termina na Opera House. Showww !!!

terça-feira, 28 de julho de 2009

Pubs na Australia

Aqui na Austrália tem Pubs para todos os gostos, bolsos e estilos, afinal, ir ao Pub é o programa favorito de quase todo o australiano. A maioria dos Pubs ficam na City, The Rocks, Kings Cross e Surry Hills.

A comida dos Pubs são normalmente bem gostosas e baratas, principalmente, se comparadas com as bebidas que podem vir a custar AU$10,00 por um copo de coca-cola. Na frente da escola tem um Pub que serve steak salad with smashed potato por AU$10,00 que é muito bom que comemos com tap water.

Quem vem para a Austrália não pode deixar de ir pelo menos uma vez em algum Pub australiano.

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Car Plate

As placas dos carros na Australia são cada uma de um jeito. É super estranho para a gente que está acostumado com as placas super padronizadas do Brasil: cor, numeração, cidade.

Aqui, na hora de registrar o carro a pessoa pode escolher a placa que quiser, desde que não tenha sido ainda registrada: só letras, letras e números, só números com a cor que quiser. Cada dia a gente vê uma placa mais diferente que a outra porque as pessoas colocam seu nome, homenagem aos 200 anos de Sydney, apelido, cor do carro, etc.

Achamos que isso acontece porque os australianos só andam de carro dentro da Austrália, já que o país não faz divisa com nenhum outro país.

domingo, 26 de julho de 2009

San Churros

A nossa perdição, aqui na Australia, são os Churros com doce de leite argentino feitos na San Churros de Bondi Beach.

O churros daqui não são que nem no Brasil, que o doce de leite vem dentro, aqui os churros são bem fininhos e o doce de leite é colocado por fora pela própria pessoa, mergulhando o seu churros no pote cheio de doce de leite. O doce de leite vem da Argentina, onde com certeza, é feito o melhor doce de leite do mundo.

Não tem nada melhor que ir até a praia no final da tarde, pedir uma porção de Churros com doce de leite e ficar se deliciando com os churros, namorando um pouquinho, olhando o mar e a paisagem...delicia pura !!!

sábado, 25 de julho de 2009

Bairro Judeu



Embora a maior Sinagoga esteja localizada no centro, a maioria dos Judeus de Sydney vive em Bondi. É comum ver os judeus e rabinos indo para as sinagogas ou caminhando com a família.

Em Bondi, nos supermercados e restaurantes tem uma grande secção de comida kosher e também é aqui que fica a sede do Jews for Jesus, uma denominação judaico-messiânica e a Chabad House que é o centro comunitário judaico.

A Austrália se diferencia da maioria dos países pela diversidade de culturas, pela quantidade de imigrantes do mundo todo e pela falta de preconceito. Aqui o que importa é o carater, respeito as leis e o cidadão estudar ou ter aptidões para se sustentar. A religião de cada um não importa, não existe uma religião oficial e o estabelecimento de uma está proibido pela constituição Australiana.

Vô Moises,

Cada vez que vejo os senhores judeus de cabelos brancos e Kipá me lembro muito de ti.

Te sinto presente, com toda a tua bondade, nos iluminando, com as tuas estrelas de David.

A saudades é muito grande....

Beijos da tua netinha, Clau.

sexta-feira, 24 de julho de 2009

Metade do curso


Chegamos na metade do nosso curso de inglês: oito semanas !!!

Com certeza sentimos uma grande melhora desde que iniciamos. Hoje já conseguimos nos comunicar, ler, escrever e entender muito melhor que antes. Porém, sabemos que ainda temos um longo caminho a percorrer para alcançarmos o inglês que queremos.

Uma conclusão que chegamos é que 16 semanas é pouco para quem, como nós, quer ter a fluência do inglês. O ideal é fazer um curso de 24 a 36 semanas no mínimo.

Acho que teremos que ficar um pouquinho mais por aqui, para acertarmos isso... : )

Kisses and hugs,
Clau e Rafa

quinta-feira, 23 de julho de 2009

Praia no Inverno


Para quem sempre morou em São Paulo e Porto Alegre morar na praia é um sonho, ainda mais se a praia for bonita, limpa e com boas ondas !!!

Por isso, nem ligamos se é inverno, se a água está gelada, se está ventando, queremos aproveitar a prainha que nunca tivemos.

Com certeza, aqueles que sempre tiveram praia perto só irão no verão. Temos um colega carioca que nem trouxe a prancha e mal esteve na praia, ele fala todos os dias que esse frio daqui não dá.

Recado da Clau:

Pai,
Me lembro bem tu dizendo isso dos cariocas, que no Rio só vai para praia no inverno quem não é carioca. Aqui é igual !
Te amo, beijos com saudades.

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Comprar e vender carros na Australia

Os carros aqui são muito mais baratos que no Brasil e quase todos são automáticos, como em vários países do primeiro mundo.

É possível comprar carros usados, em bom estado, à partir de AU$ 2000. Considerando que o dollar australiano está mais ou menos R$ 1,60, estamos falando de um carro por volta de R$ 3.200,00. Um Audi A3 novo, por exemplo, fica em torno de AU$ 25.000.

Mas não dá para sair comprando qualquer carro em qualquer lugar só porque o preço é bom. É super importante verificar antes se o veículo está registrado, emplacado, quitado e com os impostos em dia. Também é bom levá-lo a um mecânico, que cobra cerca de AU$ 30,00 para fazer uma vistoria. O melhor lugar para comprar são as agências de automóveis que vendem carros usados, pois elas são obrigadas por lei a dar garantia de 3 meses e normalmente estão com a documentação em dia.

Para vender o carro usado é fácil e muitas vezes as pessoas vendem pelo preço que se pagaram ou até por um valor mais alto, se fizeram alguma melhoria.

A vontade é grande de comprar um carrinho aqui, pois os preços são realmente tentadores. Mas, por enquanto, vamos continuar com o nosso grande meio transporte: nossas pernas !!!

terça-feira, 21 de julho de 2009

Cafés de Bondi



Bondi é com certeza um dos lugares mais bacanas de Sydney graças a sua vida cultural movimentada, as suas lojas modernas e principalmente pelo charme dos seus cafés.

Em Bondi tem um café mais legal que o outro. O espaço é sempre bacana, moderno e aconchegante. Tem alguns que vendem livros usados por AU$1,00 então o pessoal fica lendo e tomando um café.

Para que não toma café, como nós, os lanches são uma delicia e o clima do lugar faz toda a diferença.

É um ótimo programa que adoramos fazer !

Recado Clau e Rafa:

Como hoje é dia do amigo, não poderíamos deixar de mandar um recado especial para aquelas pessoas que sempre dividimos nossas alegrias, nossas angústias, nossas tristezas, nossas realizações, nossas dúvidas e que são parte fundamental da nossa vida: NOSSOS AMIGOS !!!!

Obrigado por fazerem parte da nossa vida, pelos momentos, pela força e carinho de sempre. Temos orgulho de todos vcs !!!!

Beijos e abraços com muita saudades,

Clau e Rafa

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Monorail


Sydney Monorail é um trem que vai de Darling Harbour a China Town passando pelo bairro Espanhol, pelo Shopping Queen Victoria e pela principal rua de Sydney, George Street.

O nome Monorail vem do fato de ser um transporte ferroviário com base em um único apoio e trilho. Normalmente, esse termo é utilizado quando o trem está acima do chão, mas não existe nenhuma razão para isso. O que diferencia ele dos outros é realmente ter um único trilho, independente da altura.

Os sete Monorails de Sydney foram inaugurados, em 1988, como parte da reabilitação de Darlin Harbor. Comportam cada um 56 passageiros, alcançam a velocidade de 33Km/h, percorrem um total de 3,6Km e cada passagem custa AU$ 4,80.

O Monorail é uma das famosas atrações de Sydney apelidada pelos australianos de “trem dos turistas sedentários” pois, todo o percurso pode ser feito facilmente a pé, como nós fizemos. Melhor conhecer a cidade caminhando e gastando calorias do que dollares Australianos. : )

domingo, 19 de julho de 2009

Bondi Bohemia


Bondi está em festa !!!

Entre os dias 11 e 26 de julho acontece o Bondi Bohemia Festival de inverno, que celebra o patrimônio artístico e cultural de Bondi.

Durante as duas semanas do festival ocorrem várias atividades de arte, artesanato e apresentações musicais em diversos pontos de toda a Bondi Beach.

As ruas e a praia ficam cheias, todo mundo curtindo o festival.

sábado, 18 de julho de 2009

Parque Olímpico




Hoje estivemos no Parque Olímpico de Sydney, onde foram realizados parte dos Jogos Olímpicos de 2000.

O Estádio começou a ser construído em setembro de 1996, e foi inaugurado em março de 1999. Ele foi o maior estádio olímpico já contruído, com capacidade para 110 mil pessoas e recebeu, além das cerimônias de abertura e encerramento, as competições de atletismo e futebol masculino. Após os Jogos, passou por uma reforma, onde foi retirada a pista de atletismo e a capacidade foi reduzida para 83.500 pessoas em jogos de futebol e 81.500 em jogos de críquete e futebol australiano.

Todos, por aqui, dizem que foram os maiores Jogos Olímpicos de todos os tempos e os australianos são muito orgulhosos do sucesso dessa Olimpíada. Através dela, todo mundo pode conhecer melhor a beleza de Sydney e de toda a Austrália.

Durante a visita ficamos imaginando como seria o lugar com os jogos acontecendo. Onde andamos estaria cheio de atletas, jornalistas, pessoas do mundo inteiro. Deve ser o máximo assistir uma Olimpiada, pena que chegamos um pouquinho atrasados, só uns 9 anos. : )

sexta-feira, 17 de julho de 2009

Hyde Park



Hyde Park é um grande parque no centro de Sydney, próximo de Darling Harbour. O nome é uma homenagem ao Hyde Park de Londres e foi inaugurado em 1810 para lazer e diversão dos moradores da cidade e como um campo de exercícios para as tropas australianas.

Muitos esportes foram jogados no Hyde Park como: cricket, rugby e corridas de cavalos. As pessoas que utilizavam o Hyde Park tinham que compartilhá-lo com os militares que faziam treinamento no local.

O parque possui vários monumentos e fontes em referência a participação da Austrália na I Guerra mundial. O mais importante é a fonte doada pela França, em 1932, em homenagem a participação da Austrália na I Guerra mundial.

É um belo Parque visitado por pessoas de todo o mundo interessadas na história da Austrália, como nós.

quinta-feira, 16 de julho de 2009

Simplesmente maravilhoso !!!!


Olhem como ficou o céu hoje, no final da tarde. Tiramos as fotos da nossa sacada.
Mereceu um blog extra.

Se quiserem ver mais imagens entrem no site do The Sydney Morning Herald, segue endereço:

The Jade Buddha

O Buda de Jade é o maior Buda esculpido de pedra preciosa jade do mundo. Mede 2,7 metros de altura, pesa cerca de 4 toneladas e foi avaliado em 5 milhões de dollares. O Buda de Bodh Gaya, na Índia, foi o modelo usado para fazer o grande Buda de Jade. Este Buda foi escolhido porque é universalmente reconhecido por todos os budistas.

A turnê pelo mundo começou em março no Vietnã, já passou pela Asia e fica em Sydney até dia 02/08/09, quando segue para outras cidades australianas. Retorna para Sydney, em dezembro, para o encerramento da turnê na Australia, com a presença do Daila Lama. Da Austrália o Buda vai para os EUA, depois Canadá e Alemanhã.

O objetivo da turnê do Buda de Jade é para todos, independentemente da sua religião, terem um momento para pensar na paz. Paz para o mundo, paz em seus relacionamentos, paz com as suas famílias e amigos, paz no trabalho, paz na mente.

Hoje a tarde, estivemos com o Buda de Jade e pedimos paz para o mundo e para todos. Esperamos que esses bons pensamentos tragam alegria, motivação e paz na vida e no coração de todos nós.

Beijos e abraços com muita paz e amor.

Clau e Rafa

Queen Victoria Building



Queen Victoria Building é um Shopping no centro de Sydney com 3 andares e 200 lojas das marcas mais famosas do mundo. Ele ocupa todo o quarteirão e o sub-solo tem uma ligação com a Estação Town Hall de metrô.

O prédio foi construído entre 1893 e 1898 para funcionar o Mercado municipal. Depois de décadas praticamente abandonado e até planos de demolição, em 1980, foi iniciada sua restauração que foi concluída em 1986, para a comemoração dos 200 anos de Sydney. Nos espaços que antes eram as bancas do Mercado, hoje são as lojas, com os vitrôs e pisos em mosaico originais.

A restauração foi um sucesso, as interferências para adaptação ao novo uso como: escadas rolantes, elevadores, cobertura, portas automáticas, ficaram em perfeita harmonia com a prédio antigo, deixando ele moderno sem que ele perdesse o charme original.

Para quem já esteve em Buenos Aires lembra um pouco o Shopping Patio Bullrich, porém, o Queem Victoria, é maior e mais sofisticado.

Com seus enormes relógios Ingleses é, com certeza, o shopping mais lindo que já vimos até hoje. Nota dez !!!!

quarta-feira, 15 de julho de 2009

A magia está no ar

Logo que chegamos, ouvimos que a Australia é o lugar onde tudo acontece, que todos os desejos se realizam e que a magia está no ar...

Essa semana aconteceu um fenômeno comum mas que nos deixou impressionados pela proximidade e raridade. O arco iris descia do céu até o chão grudado na sacada da nossa casa, praticamente dava para alcançá-lo com a mão, de tão perto. Além disso, ele era duplo, sendo o segundo com as cores invertidas, o que é super raro de acontecer.

A imagem foi realmente muito linda e nos fez lembrar daquela famosa frase:
" Yo no creo en las brujas, pero que las hay las hay. "

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Sydney Harbour Bridge


A Sydney Harbour Bridge é uma linda ponte em arco que transporta veículos e pessoas do Centro para o Norte de Sydney.

Foi projetada e construída por Dorman Long, e foi aberta em 1932. Até 1967 foi a estrutura mais alta da cidade.

De acordo com o Guinness, é o mais larga e alta ponte de aço do mundo, medindo 134 metros a partir do topo até o nível do mar. Também aparece no Guinness como a quinta mais longa ponte em arco do mundo.

Ela é realmente muito grande e conseguimos vê-la de diversos pontos da cidade, formando com o Porto, Edifícios do Centro e Opera House um lindo cartão postal.

domingo, 12 de julho de 2009

Homestay ou Flatmate ?

Homestay e Flatmate são algumas das palavras que mais ouvimos aqui na Austrália.

Homestay é uma forma de turismo ou programa de estudo no exterior que permite que o estrangeiro alugue um quarto na casa de uma família, use os ambientes da casa e conviva com a família durante o período do curso. Para o estudande é muito bom pois além de treinar o inglês, aprende os costumes do país e pode utilizar tudo que tem na casa. Custa cerca de AU$ 200,00, por semana, o quarto completo com café da manhã e jantar.

Já flatmate significa morar com amigo e é a outra forma dos estrangeiros e jovens viverem no Exterior. É realmente muito difícil alguém morar sozinho ou um casal recém chegado no país alugar algo. A documentação exigida, referências e o valor do aluguel tornam a tarefa muito difícil.

O que acontece então para quem não quer morar em Homestays é ser Flatmate que é o que estamos sendo do Ale e da Ci, que também já foram flatmates de um brasileiro quando chegaram, que já tinha sido flatmate de um outro que morava aqui.

Acho que estamos sendo bons flatmates do Ale e da Ci já que eles nos convidaram para continuarmos morando eles. Porém, achamos melhor irmos para um apartamente um pouco maior. Encontramos um apartamento ao lado, como a gente queria, então nos mudamos no final do mês.

Recomendamos para quem puder a experiência de morar no Exterior, em uma Homestay ou como Flatmate e não tem idade para isso. O exercício de convivência, troca de experiências, organização, tolerância, saber ouvir e dividir é um belo crescimento pessoal que estamos tendo a sorte de ter, com amigos tão especiais.

sábado, 11 de julho de 2009

Opera House


Já citamos algumas vezes a Ópera House de Sydney no blog, mas a história dessa construção é tão legal que resolvemos contar melhor para vocês.

A Ópera house é um Monumental espaço para Shows no centro da cidade. O edifício abriga várias salas separadas e dois grandes espaços: o Teatro Ópera e o Concert Hall. É uma construção moderna de 21.000m2 apoiada em 588 fundações de 25 metros abaixo do nível do mar e sua energia elétrica é equivalente à de uma cidade de 25.000 pessoas. Os telhados são cobertos por mais de 1 milhão de azulejos que vieram da Suécia.

O Edifício foi projetado pelo Arquiteto Dinamarquês Jorn Utzon que venceu 233 projetos, de 32 países diferentes, no concurso de Arquitetura que aconteceu em 1955. A construção foi feita em três etapas entre 1957 e 1973 por AU$ 102 milhões, 1004% mais alto do que o estimado, de AU$ 7 milhões. O alto custo, as muitas brigas por conta de problemas de projeto e prazo fizeram com que em 1966 (data da foto do blog) Utzon abandonasse as obras. A reconciliação só aconteceu em 1990 quando ele foi chamado para participar das reformas.

Jorn Utzon morreu em 2008, sendo considerado um dos maiores arquitetos do século 20, pelas construções muito a frente do seu tempo. Ainda hoje, passados 30 anos da construção, o Edifício continua muito moderno.